27 de maio de 2008

Convescote no Parque

Feriado prolongado. Muito (?) tempo disponível para viver (e para resolver coisinhas - umas chatas, outras não). Por sugestão de uma amiga, fomos fazer um convescote no Parque Estadual Ecológico do Tietê.
Preparei salada de batatas e cenouras (cozidas no vapor com casca, deixadas na geladeira por 2 dias, descascadas, picadas e temperadas com pouca maionese, azeitonas e quase nada de sal), salada de alface + cenoura + rabanete, antepasto de berinjelas feito por outra amiga (que mora em Pipa - RN -> não, ela não mandou por Sedex...), maracujás (que voltaram para casa do jeito que vieram), suco de uvas Niágara e muita vontade de conhecer o parque!
Nos deliciamos ainda com pães fresquinhos, frios, frango assado, torta de palmito, bolo de rolo e tangerinas doces. Uma cervejinha tampouco podia faltar, claro.
Com direito a toalha de mesa quadriculada e uma formiga que já marcou presença num amigo-secreto-convescote-no-Pq-Ibirapuera-há 2 anos atrás. Depois mando uma foto da fu. Contamos também com a presença de guaxinins (que não convidamos para o almoço, ou ficaríamos sem nada).


Ampliando o vocabulário - em homenagem a uma amiga que atualmente mora no planalto central:
con.ves.co.te
s. m. P. us. Piquenique.

2 comentários:

fezoca disse...

Elena, a foto da FU eh imprescindivel! ;-)

Adorei! Ainda mais porque aprendi essa nova palavra bacana--convescote. beijao,

isaBela araújo silvA disse...

Convescote não é tudo de bom.
A-D-O-R-O essa palavra.
Vou começar visitar esse aqui tbm e quem sabe contribuir com algumas receitinhas. E juro que não vai ser nada com Miojo e cia.