18 de setembro de 2010

PF

Já sei, lembrou de boias-frias (prato frio) ou daquele prato de padoca (prato feito). Hehehe, mas esse é um prato de frios ;-) .


Presunto, queijo, roquefort com azeite, relish de pepinos com mostarda, salame; salada de muzza de búfala+manjericão fresco+tomates secos+pepinos em conserva; pão preto fresquinho


Matando as saudades


O paladar é uma imensa fonte de prazer e também uma forma de matar as saudades da terrinha. Nesses últimos dias fiz pão de queijo duas vezes. Estive economizando os preciosos pacotes de mistura para pão de queijo, mas com a data de validade se aproximando, mais vale deliciar-se com eles!

15 de setembro de 2010

4 de setembro de 2010

Panquecas de acelga



Vi na TV quando Francis Mallman cozinhava ao ar livre, no meio da Patagônia, usando brasas, muitas brasas. O cachorro dele, como sempre, dormindo tranquila e confortavelmente acomodado numa bolsa com cobertores, hehehe. Dessa vez ele fez panquecas com cebolinha refogada incorporada na massa, recheadas de acelga com molho branco, regadas com molho de tomate e creme de leite fresco e gratinadas com parmesão num forno improvisado com duas frigideiras e mais brasas por todos os lados. Fiz minha versão caseira ontem, mas tenho certeza de que o ambiente, o frio e as brasas da Patagônia as deixam mais gostosas que as saídas do forno da casa da minha mãe. * Picar e refogar cebolinha na manteiga, reservar. Fazer a massa das panquecas e cozinhar (assar, fritar?) cada uma sobre uma parte dessa cebolinha - para facilitar e porque eu não tinha muita, incorporei a cebolinha à massa. Reservar.
* Preparar molho branco com bastante noz moscada. Branquear as folhas de acelga, picar grosseiramente e incorporar no molho branco. Adicionar também cebolas picadas pequeno e refogadas em manteiga e azeite até ficarem transparentes. Acertar o sal e a pimenta.
* Rechear cada panqueca com a acelga, arrumar numa assadeira, cobrir com molho de tomate e creme de leite, polvilhar parmesão e levar tampado com alumínio ao forno até aquecer, logo destampar e esperar que o queijo gratine.

Cuidado para não se queimar! Vai bem com vinho tinto, num dia frio, no cenário do programa de TV ou frente a uma lareira, ou simplesmente no aconchego de casa, num frio dia chuvoso ;-)